Salmonella e Alimentos para Animais de Estimação: A Realidade e os Recalls

 

Parece que tudo que diz respeito a doenças relacionadas à Salmonella e a recalls de produtos alimentícios para animais de estimação vira notícia. A realidade, no entanto, é que, durante um período de 18 meses (a partir de janeiro de 2018), recalls de produtos alimentícios para animais de estimação devido a preocupações com Salmonella foram apenas uma fração em comparação com o número de casos de recall de alimentos destinados ao consumo humano.

Por que o laser se concentra na Salmonella em Alimentos para Animais de Estimação?

A presença de Salmonella em alimentos para animais de estimação pode ter sérios impactos na saúde e no bem-estar dos animais. Entre os sintomas mais comuns da doença relacionada à Salmonella em cães estão perda de apetite, diminuição das atividades, febre, vômito e diarreia.

 

Entretanto, embora a Salmonella possa levar a doenças em animais de estimação, as doenças relacionadas em humanos são muito mais prevalentes e potencialmente graves. Os sintomas comuns incluem dor de cabeça, diarreia, cãibras intestinais, sangue nas fezes, perda de apetite e uma infecção que pode atingir a corrente sanguínea, podendo levar à morte.
Nos últimos 17 anos, surtos de Salmonella impactaram quase 67.000 humanos e causaram 87 mortes. Devido ao impacto da Salmonella na saúde humana, a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA instituiu uma política de tolerância zero à Salmonella em alimentos para animais de estimação.  A agência afirma que o manejo de alimentos contaminados para animais de estimação representa um risco significativo para a saúde humana, especialmente para crianças, idosos e pessoas com sistema imunológico comprometido.

 

Alimentos Secos para Animais de Estimação e Salmonella

O processo de fabricação de alimentos para animais de estimação inclui etapas de letalidade por calor (o pré-condicionador e a extrusora), que tornam a incidência da Salmonella relativamente baixa. No entanto, casos de contaminação continuam a ocorrer, provavelmente como resultado da recontaminação após a etapa extrusora. Essa recontaminação pode ocorrer potencialmente a partir do desenvolvimento da Salmonella no interior do sistema de transporte ou, possivelmente, da poeira transportada pelo ar nos sistemas de tratamento de ar.  Se esse for o caso, também é provável que as Salmonella detectadas estejam apenas na superfície da ração, o que poderia conferir eficácia ao composto tensoativo.

 

Uso de Ácidos para o Controle da Salmonella

Os ácidos têm o potencial de controlar a Salmonella, diminuindo o pH. Os ácidos que estão fisicamente secos têm uma vantagem para o controle da Salmonella, pois podem ser transformados em um pó que pode ser polvilhado sobre a ração, sem reagir com a superfície. Os ácidos líquidos reagirão com os componentes da superfície, fazendo com que sejam neutralizados pelas proteínas e outros agentes tamponantes com os quais entrarem em contato, tornando-os menos eficazes para o controle da Salmonella.

Também é importante observar que a força do ácido afeta sua capacidade de controlar a Salmonella. A resistência ácida é indicada pelo valor de pKa (Figura 1). Quanto menor o valor de pKa, mais forte é o ácido.

Figura 1
Forças Ácidas5
Ácido Valor pKa
Bissulfato de Sódio 1,99
SAPP 2,10
Ácido Fosfórico 2,16
Ácido Cítrico 3,14
Ácido Acético 4,75
Ácido Propiônico 4,87
Pet - Sodium Bisulfate Logo O SBS Pet™ possui características únicas que o tornam eficaz contra a contaminação por Salmonella na superfície da ração, incluindo resistência ácida e um estado dessecante fisicamente seco. Para aplicações de pH abaixo de 3,6, é necessário menos SBS Pet™ para diminuir o pH comparativamente aos ácidos mais comumente usados, incluindo o ácido fosfórico, que reduz o custo com alimentos, petiscos, polpa ou qualquer aplicação de pH baixo. O bissulfato de sódio tem um dos pKa’s mais baixos (1,99) entre os ácidos comumente usados ​​na produção de alimentos.

 

Pesquisas realizadas em laboratórios independentes indicam que o bissulfato de sódio, principal ingrediente do SBS Pet™, é capaz de controlar a contaminação por Salmonella na superfície de rações extrusadas para animais de estimação. (Aldrich, 2012).

O Poder de Controlar a Salmonella em Alimentos Secos para Animais de Estimação

Em um estudo realizado na Universidade Estadual do Kansas, dez diferentes alimentos secos e extrudados para gatos e cães foram inoculados com Salmonella enterica seca no dia 0. O SBS Pet™ foi aplicado como revestimento a uma taxa de 0,0, 0,6 e 0,8% na ração para gatos, e a 0,0, 0,2 e 0,4% na ração para cães. A Salmonella foi então monitorada ao longo de 14 dias.

Demonstrou-se que o SBS Pet™ reduz a contaminação por Salmonella em um a dois registros, quando aplicado em alimentos para extrusados e secos para animais de estimação (Tabelas 1 e 2), sem afetar a palatabilidade.

Tabela 1. Impacto do revestimento SBS na Salmonella em alimentos para gatos

Tabela 2. Impacto do revestimento SBS na Salmonella em alimentos para cães

 

Saiba mais sobre o modo de ação

 

Redução da Salmonella em Gorduras Processadas

Outra fonte potencial de contaminação por Salmonella é a gordura e os aromatizantes comumente revestidos em alimentos secos para animais de estimação a fim de aumentar a densidade energética e melhorar a palatabilidade. Em um estudo específico realizado na Universidade Estadual do Kansas, os pesquisadores descobriram que o SBS Pet™ reduziu a Salmonella na gordura de frango contaminada com a água residual encontrada durante o armazenamento e o transporte.

O SBS Pet™, isoladamente, foi mais eficaz que o ácido lático em 0h, com uma redução > 4 registros em 2h, e uma eliminação completa para ambos os tratamentos em 6h (Tabela 3).

Tabela 3. Impacto do revestimento SBS na Salmonella em alimentos para cães

 

 

 

Tabela 4. Efetividade de SBS e LA na Salmonella em água residual

 

Na fase gorda, apenas uma redução > 4 registros foi constatada, independentemente do tratamento e, em 12 horas, a presença de Salmonella não foi detectada em nenhum tratamento na fase gorda, pois ela não é favorável para o desenvolvimento da Salmonella.

 

Solicite uma amostra de SBS Pet ™ para ver se é a escolha certa para seus produtos pet.
Preencha o formulário inteiro para receber sua amostra de SBS Pet ™. Tem perguntas gerais? Digite seu nome, e-mail e número de telefone para solicitar uma chamada de um representante da Jones-Hamilton.

© 2020. Jones-Hamilton Co. | 30354 Tracy Rd., Walbridge, Ohio, 43465